Juan Montes

Breve resenha biográfica
Áudios
Jornadas sobre João Montes (año 2011)

Vídeos

Partituras


JUAN MONTES (1840 – 1899)

Juan Montes (1840 - 1899) nasceu em Lugo. Aos 10 anos, ingressou no Seminário Conciliar de sua cidade natal, onde completou toda a carreira (quatro anos de Latinidade e Humanidade, dois anos de Filosofia e cinco anos de Teologia) e no que suas atitudes musicais logo se manifestariam. O vice-reitor do Seminário encarregou-o de criar um coro de seminaristas. É então quando se candidata a uma vaga de organista na catedral de Mondoñedo. Como Montes não tinha a idade exigida não conseguiu o posto. Em 1863 ele terminou seus estudos eclesiásticos, mas rejeitou a carreira sacerdotal para se dedicar totalmente à música.

Banda municipal de música con Juan Montes

Em 1871 concorre, sem sucesso, à posição de segundo organista da catedral. Por iniciativa da Câmara Municipal, ele reorganizou a Banda Municipal com a qual ele vai dar vários concertos como diretor até 1890.

Em 1879 ele criou o Orfeón Lucense, com o qual ganhou o primeiro prêmio em um evento organizado em Ferrol. Em 1887, a Orfeón Lucense mudou seu nome para Orfeón Gallego e, a partir daí, iniciou uma brilhante carreira de triunfos.

02 - Juan Montes - Veni creator
03 - Juan Montes - Negra sombra
04 - Juan Montes - Un bico (Muiñeira para orfeón)
05 - Juan Montes - Misa de defuntos - Introito
06 - Juan Montes - Misa en honor do Apóstolo Santiago - Kyrie
07 - Juan Montes - Misa en honor do Apóstolo Santiago - Sanctus
08 - Juan Montes - Misa en honor do Apóstolo Santiago - Benedictus

Jornadas sobre JUAN MONTES

Entre os dias 25 e 29 de Abril de 2011, Solo Voces organizou uma conferência em torno da figura mais importante dos músicos galegos, o nosso compatriota João (Juan) Montes Capón.

Foram uns dias "para ouvir, ver e sentir o músico Lugo", motivados pelo esquecimento em que acreditamos que o autor está submergido injustamente, tanto seu trabalho quanto sua vida.

As sessões consistiram em: (baixar brochura em PDF)

  • Uma exposição, no refeitório do Museu Provincial, dos objetos relacionados Montes: suas partituras, documentos históricos, imagens e painéis explicativos sobre vários aspectos da vida e obra do mestre Montes.
  • Palestras em torno de sua vida, seu trabalho, sua época, o Lugo de final do século XIX, com a colaboração de Adolfo de Abel Vilela, Lois Seixo Castro e Xan Carballal.
  • Uma série de cinco concertos focada nas diversas áreas em que Montes desenvolveu sua música: as baladas, música para coro, música de orquestra, banda de sopros e, finalmente, a sinfônica coral. Tudo isso, com a colaboração da Deputação Provincial, o Museu Provincial, e da Câmara Municipal de Lugo - que prestaram instalações e financiaram o projeto -, com o empréstimo do material para a exposição do Seminário Diocesano, Museu da Catedral, Convento das Clarissas de Monforte e outros doadores privados, tais como Juan Soto, da Fundação TIC que gravou em vídeo todos os atos da semana, e da Paróquia sempre colaboradora de São Pedro, que deu seu templo para alguns concertos.

Os concertos e palestras seguiram o plano mostrado pelos dípticos correspondentes:

25 de abril: inauguração das jornadas por Antón Bao, na Sala dos Mosaicos do Museu Provincial, e concerto de Carmen Subrido (soprano) e Xoán Elías Castiñeira (piano) realizando as "Seis Baladas Galegas".

26 de abril: passeio didáticona rua com Adolfo de Abel Vilela pelos espaços da cidade mais importantes de Lugo na vida de Montes. Acompanhado por Solo Voces e Aurelio Chao, que ofereceram vários trabalhos corais e orfeonistas de Montes e outros.

27 de abril: Conferência Lois Seixo Castro sobre o Lugo do final do século XIX. Mais tarde, um concerto do quarteto "Saiva Nova" ofereceu obras para cordas de Montes, coreografadas por estudantes do CDAN de Lugo.

 

28 de abril: palestra de Xan Carballal sobre aspectos técnicos do trabalho de Montes, seguido por um concerto pela Banda Municipal de Lugo, com obras do autor para banda de sopros.

29 de abril: Concerto de encerramento Solo Voces acompanhado pela Orquestra clássica de Jove, dirigida por Xan Carballal, que ofereceu a "Missa in honorem Iacobi Apostoli"


Tanto os concertos como as palestras e a exposição foram um sucesso de público. Assim luzia o Refeitório do Museu Provincial antes da inauguração:

Os painéis informativos, depois de expostos naquela semana no Museu Provincial, foram expostos em diferentes centros de ensino, como o Conservatório "Xoán Montes", que leva o nome so maestro.

Como um lembrete para o público presente, elaboramos belos postais para dar aos assistentes, inspirados nas capas da obra impressa de Montes::

Aqui você pode ver alguns vídeos do dia de abertura, com Carmen Subrido e Xoán Elías Castiñeira, e o dia de encerramento com Solo Voces e Orquestra Clássica de Jove, dirigidos por Xan Carballal.

Baladas Galegas - O Pensar d'o labrego (Juan Montes)

Baladas Galegas - Unha noite n'a eira do trigo (Juan Montes)

Baladas Galegas - Doce Sono (Juan Montes)

Baladas Galegas - Lonxe da Terriña (Juan Montes)

Baladas Galegas - Negra Sombra (Juan Montes)

Baladas Galegas - As Lixeiras Anduriñas (Juan Montes)

Misa en Honor do Apóstolo Santiago (Juan Montes) - Kyrie

Misa en Honor do Apóstolo Santiago (Juan Montes) - Gloria

Misa en Honor do Apóstolo Santiago (Juan Montes) - Credo

Misa en Honor do Apóstolo Santiago (Juan Montes) - Sanctus e Benedictus

Misa en Honor do Apóstolo Santiago (Juan Montes) - Agnus Dei

 

PARTITURAS

 

sv183 Salve Regina Juan Montes Capón 1840   1899     1857
sv213 En Belén hai moita festa Juan Montes Capón 1840   1899     1857
sv184 Quem terra, pontus, sidera Juan Montes Capón 1840   1899     1857
sv185 Veni creator spiritus Juan Montes Capón 1840   1899     1860
sv234 Ai, Maruxiñ (O Bico) Juan Montes Capón 1840   1899   Muiñeira TTBB   Letra de Jesús Rodríguez López (1859 - 1917)  
sv457 Adiós Juan Montes Capón 1840   1899   August Heinrich von Weyrauch   (1788 - 1865)   arranjo para orfeão de J. Montes 1888 ca.
sv452 Nocturno Juan Montes Capón 1840   1899   Orfeão a 4 vozes 1891
sv445 Himno a Guttenberg Juan Montes Capón 1840   1899   Orfeão a 4 vozes  
sv453 1ª Barcarola Juan Montes Capón 1840   1899   Orfeão a 4 vozes  
sv442 As lixeiras anduriñas Juan Montes Capón 1840   1899   Arranjo do próprio autor para Orfeão .   Texto de Salvador Golpe Varela (1850 - 1909) 1890
sv450 Plegaria a la Virgen (El piélago del mundo) Juan Montes Capón 1840   1899   TTBB ou TTBB+ órg. ou T + órg. 1890
sv186 Introito Juan Montes Capón 1840   1899   Oficio y Misa de difuntos 1891
sv187 Negra sombra (TTBB) Juan Montes Capón 1840   1899   Letra de Rosalía de Castro (1837-1885) 1892
sv188 Negra sombra (SATB) Juan Montes Capón 1840   1899   Letra de Rosalía de Castro (1837-1885) 1892
sv451 Maruxiña si quixeres Juan Montes Capón 1840   1899   Letra de Aureliano José Pereira (1855 - 1906) 1892
sv455 2ª Barcarola Juan Montes Capón 1840   1899   Laureada com o Primeiro Premio no certame musical de Leão 1892 ca.
sv393 Lonxe da terriña Juan Montes Capón 1840   1899   Letra de Aureliano José Pereira (1855 - 1906)  
sv456 Motete al Santísimo (Ego sum panis vivus) Juan Montes Capón 1840   1899     1897 ca.
sv189 Kyrie Juan Montes Capón 1840   1899   Misa en Honor del apóstol Santiago 1897
sv190 Sanctus y Benedictus Juan Montes Capón 1840   1899   Misa en Honor del apóstol Santiago 1897
sv191 Benedictus Juan Montes Capón 1840   1899   Misa en Honor del apóstol Santiago 1897
sv241 Agnus Dei Juan Montes Capón 1840   1899   Misa en Honor del apóstol Santiago 1897
sv438 Genitori Juan Montes Capón 1840   1899   Manuscrito de Juan Antonio Moreno Fuentes